SMP cobra medidas para manutenção do Hospital Sofia Feldman

Compartilhe



Desde o final do ano passado, a situação do Hospital Sofia Feldman, em Belo Horizonte, é complicada, se agravando cada vez mais a medida que o tempo passa. O financiamento é inadequado e o risco de fechamento, iminente. Com atendimento habitual de 1000 partos/mês, sendo que aproximadamente 50% dos leitos obstétricos e 75% dos leitos da UTI Neonatal são ocupados por moradores do interior, o Hospital se encontra hoje com leitos vazios, por falta de recurso.

A Sociedade Mineira de Pediatria destaca a importância do Sofia Feldman na assistência à saúde da mulher e da criança, sobretudo dos recém-nascidos de risco normal e alto risco. Nesse sentido, cobra um financiamento regular e urgente dos três entes federados (União, Estado e Município). O fechamento, mesmo que parcial de um hospital referência, 100% SUS, que atende a todos indiscriminadamente, é um retrocesso inaceitável!

Sociedade Mineira de Pediatria