Observaped Itinerante atende população do Vale do Jequitinhonha

Compartilhe




Doação de brinquedos, discussões sobre a saúde da criança e do adolescente e manifestações culturais no Observaped Itinerante no Vale do Jequitinhonha

A cidade de Chapada do Norte, no Vale do Jequitinhonha – Minas Gerais, recebeu nos dias 15 e 16 de dezembro de 2018 o 3º Observaped Itinerante. Em uma ação inédita, o projeto Observatório da Saúde da Criança e do Adolescente, vinculado ao Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFMG em parceria com a Sociedade Mineira de Pediatria (SMP), extrapolou os limites da UFMG e de Belo Horizonte. Mais de mil pessoas das Escolas Estaduais Profa. Maria Gomes da Silva e José Rodrigues Figueiredo, além das famílias assistidas pela Achanti, organização em parceria com a Childfund Brasil, foram atendidas pelos 31 alunos, professores e funcionários da Faculdade de Medicina da UFMG.

A programação do evento foi proposta pelos eixos do Observaped e as atividades promoveram discussões sobre os vários temas de interesse da população, como violência, desenvolvimento infantil, educação sexual, aleitamento materno, entre outros. Para o acadêmico de medicina da UFMG Heleson Ferreira, coordenador dos monitores do Programa Observaped e natural de Chapada do Norte, a experiência da ação fora da capital mineira foi extremamente enriquecedora. Segundo ele, o real sentido de um programa de extensão como o Observaped Itinerante é levar todo conhecimento produzido dentro da Universidade para as pessoas que realmente necessitam. “Mostramos que é possível passar informação para as crianças de Chapada do Norte de forma lúdica, valorizando essa criança e essa população do Vale do Jequitinhonha, que muitas vezes é esquecida”, disse.

Doação de brinquedos

Nesta terceira edição, o Observaped Itinerante contou com o apoio da Campanha de Doação de Brinquedos e Livros Infantis, uma iniciativa do Departamento de Pediatria da UFMG. A entrega de mais de 200 kits com brinquedos e livros acabou se configurando com um Natal antecipado para as crianças e seus pais. “Chorei de felicidade quando meu filho recebeu justamente o carrinho que ele queria faz tempo e eu não podia dar. Ele dorme com o carrinho e passa o dia todo com ele”, agradeceu a mãe Luciana da Rocha.

 

Equipe do Observatório da Saúde Criança e do Adolescente em Chapada do Norte