SMP realiza a XV Jornada Mineira de Atualização em Amamentação, em BH

Compartilhe



Durante os dias 2 e 3 de agosto, aconteceu a XV Jornada Mineira de Atualização em Amamentação da SMP, realizada na sede da Associação Médica de Minas Gerais (AMMG). Com mais de 300 participantes, o evento contou com a presença de estudantes, médicos, enfermeiros, fonoaudiólogos, nutricionistas, entre outros profissionais da saúde, além de uma programação científica de excelência.

A abertura da Jornada foi realizada pela presidente da Sociedade Mineira de Pediatria, Marisa Lages Ribeiro. Sobre a temática do evento, Marisa afirmou que “o maior presente que uma mãe pode dar ao seu filho é a amamentação”. Na sequência, houve a mensagem virtual enviada pelo presidente do Departamento Científico de Aleitamento Materno da SBP, Luciano Santiago, além da homenagem feita pela presidente do Departamento Científico (DC) de Aleitamento Materno da SMP, Beatriz Rocha, à pediatria e neonatologista Maria Cândida Ferrarez Bouzada Viana, ex-presidente do mesmo Departamento e uma das grandes incentivadoras da amamentação em Minas Gerais. Na ocasião, Maria Cândida ganhou o prêmio “Defensor(a) da Amamentação 2019”, concedido pelo DC de Aleitamento Materno da SMP.

Método Canguru

Durante sua palestra, intitulada “Método Canguru: 40 anos”, Maria Cândida apresentou o histórico da prática, que teve início na década de 1970, na Colômbia. “Desde então, o número de pesquisas sobre método canguru aumentou consideravelmente. Hoje, por exemplo, já são mais de 2000 pesquisas publicadas”. Além de tratar sobre os benefícios do método, a médica também destacou algumas das barreiras encontradas na prática. "Tem muita gente que ainda não sabe o que é método canguru, limitando-o apenas ao contato pele a pele (posição canguru). Este é apenas um dos recursos. Mas, de modo geral, o método canguru brasileiro é muito respeitado fora do país”, disse a pediatra.

Ao final, Maria Cândida reassaltou a presença do pai dentro das etapas do método canguru: “Não é só a mãe que participa. O pai e a família, em geral, também estão presentes e são muito importantes no processo”. Além disso, a pediatra também enfatizou o uso do método canguru na saúde infantil e parental das próximas gerações. “Hoje, através das diversas pesquisas e evidências científicas nacionais e internacionais, é imprescindível a realização do método canguru desde o pré-natal”.

Desafios da amamentação no século XXI

Na sequência, o pediatra e homeopata Moises Chencinski (SP) realizou a palestra “Empoderamento das Famílias na Promoção do Aleitamento Materno: Proteção Social Parental e Equidade de Gênero”, em alusão à temática da Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM 2019). Durante a apresentação, Moises destacou os desafios da amamentação no século XXI, através de questões relacionadas à equidade de gênero e aos fenômenos midiáticos. “Ao mesmo tempo em que sentimos uma maior sensibilização sobre o tema, também temos os efeitos negativos, devido às falsas informações acessadas nas redes sociais – as fake news". Para o médico, é de extrema importância que a sociedade tenha acesso à informação de qualidade por parte dos médicos e também da mídia profissional, sempre escutando e priorizando a demanda das mães. "Enquanto escrevermos artigos científicos, atingiremos os pediatras. Se formos para as redes sociais, atingiremos também as mães. A comunicação e o marketing também tem papel importante nisso, como não incentivar as mães a substituir leite materno por fórmula".

Os 15 anos da Jornada

Durante toda a sexta-feira, a Jornada de Amamentação da SMP teve uma programação científica de excelência, através de diversas palestras e mesas-redondas. Pioneiro da Jornada, o pediatra Roberto Chaves, membro do DC de Aleitamento Materno da SMP, iniciou sua palestra sobre a “importância da amamentação e da nutrição nos primeiros mil e cem dias” comentando do sucesso do evento. “Iniciamos a Jornada de Amamentação em uma sala com 32 participantes, hoje lotamos o principal auditório da AMMG”, disse o pediatra.

Ao final do primeiro dia de evento, houve o sorteio de brindes relativos à amamentação. O segundo dia de Jornada preencheu toda a manhã de sábado, com duas mesas redondas (“Amamentação em Situações Especiais” e “Desmame: Como ser Gentil?”) e com a palestra “Novo Guia Alimentar para Crianças Brasileiras Menores de Dois Anos: o que mudou?”. O encerramento da Jornada contou com a premiação dos pôsteres exibidos no primeiro dia do evento, além da apresentação oral do tema livre vencedor.

Confira as fotos da Jornada