Sociedade Mineira de Pediatria: 70 anos

Compartilhe



Sociedade Mineira de Pediatria: 70 anos

 

Hoje estou feliz por estar aqui como presidente da SMP e ao mesmo tempo chefe do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFMG. O motivo principal da minha satisfação é que, ao resgatar a história dos 70 anos da Sociedade, afinal descobri que ela nasceu em uma sala da reitoria da Universidade de Minas Gerais, hoje conhecida como UFMG.

A fundação da nossa instituição nasceu com os objetivos de buscar o aperfeiçoamento dos pediatras para a assistência da criança e do adolescente, apoiar os profissionais e instituições que cuidam da proteção e bem-estar dos nossos pacientes e conscientizar a sociedade sobre a importância do cuidado à saúde em todos os aspectos.

A primeira diretoria tomou posse em 28 de fevereiro de 1948, no auditório do Instituto de Educação. Em 1950, a SMP passou a funcionar na sede da AMMG. Dois anos depois se filiou à Sociedade Brasileira de Pediatria. Em 1956, o ex-presidente da SMP, Berardo Nunan, assumiu a presidência da SBP, e posteriormente, destacamos que os pediatras Martinho da Rocha, Navantino Alves Filho e Lincoln Marcelo da Silveira Freire ocuparam o mesmo cargo.

Vários foram os presidentes da SMP e cada um deles colocou um tijolo para a construção de uma instituição forte, representativa e reconhecida nacionalmente. Atualmente, organizamos muitas jornadas, cursos, simpósios, boletins científicos, suplementos da Revista Médica de Minas Gerais e videoaulas, estas em parceria com a Associação de Apoio a Residência Médica de Minas Gerais (AREMG).

A SMP a cada ano que se passava se tornava mais atuante, abrangendo todo o estado de Minas Gerais! Aproveito este momento para agradecer aos presidentes das nossas nove regionais, que tanto contribuem para o fortalecimento das nossas ações e apoio para a saúde de nossas crianças e adolescentes.

Cada vez mais buscamos a atualização científica, a representação e a valorização profissional, assim como a promoção de atividades sociais. A assessoria de comunicação tem atuado de forma incessante, juntamente com os diretores Dr. Cássio Ibiapina e Dra. Gabriela Araújo. Agradeço à diretoria executiva que, na lida no dia-a-dia com as várias demandas, estão sempre prontos a atuar (presencialmente, por e-mail, whatshapp ou telefone). E não podemos deixar de citar os membros dos comitês científicos, os assessores da presidência e os diversos diretores pela disponibilidade em nos apoiar durante todos esses anos. À equipe de secretaria, coordenada pela Janete Miranda Lage, nosso muito obrigada!

Aos diretores dos cursos PALS, Reanimação Neonatal e agora o de Urgências Pediátricas, deixo o nosso especial agradecimento pela atuação incessante para a capacitação de pediatras e outros profissionais de saúde. Conseguimos chegar ao “além mar”, em Moçambique, com a Reanimação Neonatal, e em 2018 vamos dar continuidade a novos projetos. A Academia Mineira de Pediatria, agora presidida pelo Dr. Paulo César Pinho, tem desempenhado um importante papel de suporte à SMP e na busca da interdisciplinaridade e da atuação social, cito em especial os excelentes temas abordados nos Fóruns realizados.

A Sociedade Brasileira de Pediatria sempre ao nosso lado, e aqui está representada pelo professor Joel Alves Lamounier, nosso fiel escudeiro e conselheiro nas horas difíceis.

Temos nossos colegas à frente do CRMMG e do Sindicato Médico de Minas Gerais e isto muito nos orgulha. A AMMG está sempre nos apoiando e contribuindo para que as nossas ações sejam desenvolvidas.

Agradecemos a todos os nossos parceiros, aos nossos colegas e aos representantes de diversas instituições aqui presente. Queremos que a SMP cresça, que seja cada vez mais representativa, com a participação de alunos dos cursos de medicina e de residentes.

Temos muitos problemas a serem solucionados, em especial neste momento uma grande preocupação com a violência: a violência em geral, decorrente da situação social e econômica difícil pela a qual o nosso país atravessa; a violência profissional, causada muitas vezes pela falta de infraestrutura adequada de trabalho; a violência doméstica, pela falta de amor e de valores familiares.

Temos de valorizar a SMP de forma a proporcionar o reconhecimento do trabalho do pediatra e a satisfação em sua vida profissional e pessoal. É necessário cobrar mais recursos financeiros para a saúde e para a educação, valorizar a atenção à saúde da criança e do adolescente, trabalhar na promoção da saúde de forma a evitar doenças crônicas, fazendo com que a nossa criança floresça e se torne um adolescente e um adulto saudável. Este é o tema do XV Congresso Mineiro de Pediatria, que será presidido pela Dra. Marisa Lages e realizado no Palácio das Artes de 6 a 8 de junho de 2018. Reservem em suas agendas estes dias!

Nesta comemoração de 70 anos da SMP, em que é difícil determinar ao certo a grande extensão do nosso trabalho no decorrer de tantos anos, termino citando Guimarães Rosa, grande intérprete da aventura de viver. Deixo a seguinte mensagem como uma reflexão sobre a nossa existência, temporária neste mundo, e sobre a forma como vemos os outros e a nós mesmos:

                                                                          O sertão é do tamanho do mundo [...] Sertão é isto, o senhor sabe: tudo incerto, tudo certo [...] O sertão é sem lugar [...] sertão é dentro da gente.

 

Maria do Carmo Barro de Melo

Presidente da Sociedade Mineira de Pediatria

 

DISCURSO DA COMEMORAÇÃO DOS 70 ANOS DA SMP