Abertura do Congresso Mineiro de Pediatria emociona a audiência

Compartilhe

25/11/2021



Como é tradição no Congresso Mineiro de Pediatria da Sociedade Mineira de Pediatria, a cerimônia de abertura é carregada de emoção e homenagens. Neste desafiador 2021, ano de muitas perdas e de desafios para os pediatras, não poderia ser diferente. Em 19 de novembro às 12h30, a cerimônia foi aberta com uma excelente apresentação da pediatra e pianista Raquel Gomes e sua mãe, a professora Elvira Gomes, que apresentaram o Hino Nacional e outras importantes peças do piano a quatro mãos.

A apresentação foi seguida de uma palavra de congratulação da presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria, Luciana Rodrigues Silva. E logo depois uma homenagem ao Presidente de Honra, in memoriam, do Congresso, o pediatra Marcos Evangelista de Abreu, que recebeu de sua esposa Débora e filhos Guilherme e Nathália lindas palavras. Para finalizar, o presidente da SMP, Cássio da Cunha Ibiapina, fez seu discurso agradecendo a todos pela presença e explicando um pouco o espírito do evento.

Confira o texto completo do discurso de Ibiapina:

Boa tarde a todos!

É uma grande honra para nós da comissão científica estarmos aqui hoje.

Bem-vindos!

Inicialmente, agradeço as palavras da Dra. Luciana.

E é com uma grande alegria que contamos com a Dra. Raquel Gomes, nossa querida amiga e diretora de arte e cultura, pediatra de Dores do Indaiá e sua mãe, a Professora Elvira Gomes, executando o hino nacional e peças no piano a 4 mãos, escolhidas para o nosso Congresso. Obrigado!

À comissão organizadora, esse grupo sonhador, formado pelos colegas Márcia Gomes Penido, Vice-presidente da SMP, Andrea Chaimovicz, Cláudia Ribeiro de Andrade, Eleonora Druve Tavares Fagundes, Marcos Carvalho de Vasconcelos, Mônica Maria de Almeida Vasconcelos, Nelson Conde Lobo Martins e Raquel Gomes de Carvalho Pinto, que uma vez mais acreditou em inovações e novidades e nesse sonho de arte, cultura e educação. Eu não tenho palavras para agradecer.

Nesse ano tão difícil para todos nós e dentro na nova gestão horizontalizada e com o modelo de hierarquia entrelaçada da SMP, sempre preciso agradecer a todos os membros de nossa diretoria executiva, nossa diretoria de eventos, à Academia Mineira de Pediatria e a todos Departamentos Científicos e Regionais. E ainda ao nosso grupo de funcionárias Janete, Fabiana e Anita. Guerreiras e sempre prontas ao trabalho.

Agradeço também à jornalista Ana Fazito, sempre incansável que nos ajudou demais ao longo de todo esse ano. E por fim, agradecemos a Ekipe de Eventos em nome do Rivadario e Alysson, ambos super experientes em eventos, mas sempre abertos a escutar todos nossos sonhos e ideias de inovações.

Ainda gostaria de reverenciar nosso Presidente de honra in memoriam Marcos Evangelista de Abreu, o querido Marcão que nos deixou em janeiro deste ano. Pediatra com enormes serviços prestados à SMP, um instrutor dedicado e competente do curso de suporte avançado de vida em Pediatria e ainda relevantes serviços prestados à pediatria de Belo Horizonte e Contagem. Exemplo de amor à vida, alegria, capacidade de trabalho e organização em tudo que fazia.

Marcão, você estará sempre em nossos corações e em nossa lembrança.

E para encerrar essa fala de abertura do 2º Congresso Mineiro Online de Pediatria, deste belo estúdio, de onde todos podem entender porque o mineiro quer ficar sempre agarrado nas montanhas, me lembrei do trem que tão bem representa nosso estado. Em Minas Gerais tudo é trem.

E é deste trem mineiro que deixo minha mensagem final de hoje:

Das estações que vivemos durante esse ano de 2021 – ora de tristeza, ora de desespero, medo, angústia, desesperança- possamos embarcar no vagão da fé, do trabalho e da resiliência, viajando o caminho da esperança e da construção e possamos chegar à plataforma de nossos sonhos e nossas metas.

Por fim, o lema do nosso congresso “Criando futuros, por uma pandemia de esperança”. Que as falas “geração perdida” e “geração pandemia” sejam para sempre abandonadas. As adversidades da vida e como lidamos com elas são um convite para construção da resiliência e do aprendizado. Tudo depende de como olhamos para as situações. Que sejamos sempre proativos em ações de defesa das crianças e dos adolescentes.

Além da palestra de abertura teremos ao longo do congresso várias pílulas de esperança e que saiamos inspirados e transformados.

E com a palavra nosso convidado de honra, Prof. Ricardo Krause, psiquiatra infantil, presidente eleito da ABENEPI. Uma referência no Brasil. Um médico de homens e de almas que sempre nos inspira. Agradeço muito em nome de todos mineiros o aceite para essa palestra inspiracional de abertura. A palavra está com você Prof. Ricardo. Obrigado de coração!

“Criando futuros: por uma pandemia de Esperança”.

 

Confira o vídeo da cerimônia de abertura na íntegra: